18, julho, 2017

O poder do chá

Raquel Pessoa
Consumo de chás e ter horta em casa são duas fáceis formas de manter a saúde em dia

Estudos apontam os alimentos funcionais como uma nova alternativa para reduzir os riscos de determinadas doenças. Originário da China, o chá é cultivado e consumido pelas suas características de aroma e sabor e propriedades medicinais em mais de 160 países, especialmente asiáticos. Sou uma admiradora dos chás, dos mais diversos estilos: camomila, cidreira, capim santo, erva doce, melissa, chá mate, chá de verde, masala chai… Amo bastante chá, tanto pelo sabor que ele oferece como também pelo sentimento que ele resgata em mim.

Quando bebo chá, lembro da minha família na casa da vovó, com todos sentados à mesa tomando aquele chazinho de erva doce, passiflora, erva cidreira ou camomila à noite, porque era bom para ter um soninho relaxante e tranquilo… E hoje, pelo imediatismo, as pessoas acabam optando por algo que pode levar a vários efeitos colaterais, como os benzodiazepínicos, que são os conhecidos calmantes. Elas não percebem que o tratamento para muitos males está pertinho, na hortinha da casinha ou do apartamento (gente, tenham horta em casa!), como também nas feiras, no mercadinho ao lado e nas farmácias de fitoterapia de produtos naturais.

Também gosto de chá pelo aspecto da tradição que o acompanha… Chá é cultura! Por exemplo, temos o chá chinês, o chá da tarde tradicional na Inglaterra, o chai na Índia e os nossos chás medicinais das plantas brasileiras, que têm muitos benefícios para saúde. Então vamos tomar chá! A partir de hoje, estou com uma campanha para estimular hábitos mais saudáveis intitulada “Quero mudar, quero chá”.

Para ajudar vocês a mudarem esse hábito de bebidas industrializadas não saudáveis, vou passar uma receita de um chá que gosto muito… É o chá de erva-cidreira (Lippia alba). Vamos à receita:

chá
Confere a receitinha de chá e passe a tornar hábito o consumo dessa bebida

INDICAÇÕES / BENEFÍCIOS:
Ansiolítico, sedativo e relaxante.

PREPARO:
Aqueça 150 ml de água e em seguida apague o fogo. Em uma xícara de cerâmica ou vidro, coloque a água em 3g das folhinhas de erva-cidreira, tampe e deixe descansar por 5 minutos. Coe e beba em seguida.

MODO DE USAR:
Tomar 150 mL do infuso, logo após o preparo, três a quatro vezes ao dia.

Raquel PessoaRaquel Pessoa é Nutricionista de Emagrecimento, Estética e Boa Forma. Também é Especialista em Nutrição Clínica com ênfase em Suplementação Esportiva. Tem Especialização em Obesidade e Cirurgia Bariátrica e Metabólica. É membro associada na Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição – SBAN e na Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica-SBCBM.

Facebook: nutricionista raquel pessoa
Instagram: nutricionistaraquelpessoa
Consultório Pátio Dom Luiz, 1200
Torre I – Sala 606
Contatos: (85) 3067.4741 |  98887.7973
www.raquelnutry.com.br
Colunista do Portal Sabores

Colunistas

Ver tudo
1 de agosto de 2017

Gastronomia e diversão: receitinha de spinner de chocolate

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

18 de julho de 2017

O poder do chá

Autor: Raquel Pessoa

13 de julho de 2017

Onde matar sua sede de cerveja artesanal em Fortaleza

Autor: Bia Adjafre

css.php