5, outubro, 2017

Clube de cervejas: vale a pena assinar?

Cervejas (Foto: Divulgação)

A expansão do universo das cervejas artesanais no Brasil trouxe uma novidade (nem tão novidade assim) que muitos ainda desconhecem: os clubes de cerveja por assinatura. Para quem já vem do mundo dos vinhos, os clubes já são velhos amigos que trazem sempre novas descobertas. Para o pessoal da cerveja, a proposta não é diferente.

Se você nunca ouviu falar disso, deve ter algumas questões como: como funciona? O que eu vou receber? Quantos clubes existem? Vale a pena mesmo? E eu estou aqui pra tentar respondê-las!

Como funciona?

A ideia do clube, em geral, é trazer para seus assinantes cervejas artesanais selecionadas por caçadores de cervejas (beer hunters) e/ou sommeliers que tragam novas experiências para os apreciadores, sejam estes novatos ou veteranos no mundo cervejeiro. Por um valor mensal, o assinante passa a receber em casa o que eu gosto de chamar de “caixa da felicidade”.

O que eu vou receber?

O conteúdo de cada caixa varia conforme o tipo de clube: podem vir desde copos e bolachas até petiscos, blusas, revistas, abridores… Mas tenha certeza que o que sempre vem são maravilhosas cervejas escolhidas para testar o paladar dos assinantes!

Cervejas (Foto: Divulgação)

Quantos clubes existem e como escolher?

Existe uma infinidade de clubes, então, vou listar aqui alguns que assino/gostaria de assinar:
WBeer (assino desde outubro/2015)
Clubeer (assino desde março/2017)
Clube do Malte
BeerFlakes (sonho de consumo)
Beer&Bier
TrezeBeer

Cada um desses clubes, com exceção do BeerFlakes, tem mais de uma opção de plano: você pode optar por receber apenas as cervejas escolhidas para o mês; ou receber algumas das cervejas + algum outro item oferecido; ou ainda, todas as cervejas + algum outro item oferecido. Tudo depende de qual clube escolherá e quais planos ele oferta.

O BeerFlakes é uma exceção, porque se trata de uma caixa de produtos cervejeiros, então cada caixa é uma surpresa para o assinante. Já vi caixas em que vieram camisa, queijo, geleia, abridor, growler de plástico, ímãs, etc.

CervejaVale a pena mesmo?

A última pergunta, porém não menos importante. Na minha experiência com clubes e nas discussões que já travei sobre o assunto, a resposta é sempre a mesma: vale demais! Seja você um novato nesse mundo da cerveja, seja um marinheiro experiente, sempre existem novidades, rótulos raros, cervejarias ciganas, mestre-cervejeiros geniais cujas cervejas, eventualmente, aparecem nos clubes. Além do mais, assinar um clube também serve para aprender mais algumas coisas, como harmonizações com as cervejas que o assinante recebe, por exemplo. Eu assino e recomendo! Experimente um ou dois meses e depois me diga o que você achou, como foi a sua experiência!

Até o próximo gole!

Bia AdjafreBeatriz Adjafre é apreciadora dos bons drinks e das boas conversas. Desde 2016 vem estudando, de maneira informal, sobre cervejas. É cheia de opiniões, muito curiosa e ama aprender e conhecer lugares novos. Para além da cerveja, é Pesquisadora e Mestranda na Universidade Estadual do Ceará.
Colunista do Portal Sabores

 

Colunistas

Ver tudo
5 de outubro de 2017

Clube de cervejas: vale a pena assinar?

Autor: Bia Adjafre

6 de setembro de 2017

Alimentos orgânicos como aliados da saúde

Autor: Raquel Pessoa

css.php