17, Maio, 2017

Massas e molhos: como preparar e o que você precisa saber

Massas e molhos: seu preparo tem segredos específicos. Ao fim da matéria, nossa sugestão é um ninho recheado ao molho de carne moída
Massas e molhos: seu preparo tem segredos específicos. Ao fim da matéria, nossa sugestão é um ninho recheado ao molho de carne moída (Divulgação)

Como um dos alimentos mais presentes à mesa do brasileiro, nosso país é seu terceiro maior produtor mundial… Estamos falando dele, o macarrão: atrás apenas da Itália e dos Estados Unidos, o Brasil tem na massa um ingrediente indispensável de sua culinária. A Estrela, marca do grupo M Dias Branco, com todo o seu know-how, ensina combinações de cortes de macarrão com molhos e ingredientes adequados. Com essas dicas de massas e molhos, você vai aprender o que você precisa saber sobre como preparar massas irresistíveis e gastronomicamente perfeitas.

Massas longas

Massas longas combinam com margarina ou manteiga e parmesão, molho de tomate, molho pesto ou molhos preparados com frutos do mar. Muitos debatem sobre cortar ou não a massa antes de cozinhar. Os puristas acreditam que seja melhor mantê-las inteiras, enquanto os pragmáticos defendem que cortá-las torna o cozinhar e comer mais fácil. Não há certo e errado. O importante é que cada um defina o que é melhor para o seu gosto.

As massas da Estrela não precisam mais de óleo durante o cozimento. Elas já trazem em sua composição ingredientes que as impedem de “grudar”. Água e sal são suficientes para prepará-la. Outra dica importante é deixar cozinhar de acordo com o tempo indicado na embalagem ou até que fique “al dente”, ou seja, macia porém resistente à mordida.

Espaguete: Indicado para molhos com tomate, peixes ou à base de óleo. Ele está disponível no tamanho 8 e 9, o que diferencia a espessura dos fios.

Ninho: Com o formato longo e grosso é uma ótima opção para ser servido com carnes e frutos do mar.

As massas têm um ponto especial: aprenda a alcançá-lo
As massas têm um ponto especial: aprenda a alcançá-lo

Massas curtas

As massas curtas são as que apresentam a maior variedade de formatos. Por terem muitas curvas e concavidades, absorvem melhor os molhos mais encorpados como béchamel ou quatro queijos e são ideais para o preparo de saladas. Esses formatos são mais fáceis de cozinhar.

Parafuso: Ideal para molhos mais encorpados, como os que levam carne e vinho ou ricota, por exemplo, pois se infiltram nas voltas do macarrão.

Massas pequenas

Massas de formato pequeno são ideais para serem servidas em sopas, saladas ou apenas com molho de tomate leve. Combinam também com molhos de vegetais, como brócolis, couve flor, endívea, alcachofras, entre outros. As massas maiores para sopas são opções para caldos mais encorpados. O tipo de massa deve ser escolhido de acordo com os ingredientes da sopa.

Argolinha: Muita utilizada para caldos de carne e vegetais.

Sugestão de receita: Ninho Recheado

Ninho Recheado ao Molho de Carne Moída

Ingredientes:
1 pacote de Ninho Sêmola Estrela 500g
2 copos de Requeijão Cremoso
150g de presunto fatiado em cubos
150g de mussarela fatiado em cubos
150g de azeitonas picadas
100g de champignon

Para o Molho:
500g de carne moída
500g de extrato/polpa de tomate
Temperos: óleo, alho, cheiro verde, sal a gosto

Modo de Preparo:
– Comece preparando o molho. Aqueça o óleo em uma panela e coloque o alho para dourar. Em seguida, coloque a carne moída e mexa bem. Junte o sal e o cheiro-verde, frite bem. Misture o extrato/polpa de tomate e acrescente um pouco de água. Deixe ferver e desligue o fogo. Reserve.
– Em um refratário grande, forre o fundo de uma forma quadrada com o molho de carne moída. Coloque os ninhos ainda crus. Sobre eles, coloque o requeijão e acrescente presunto, a mussarela, as azeitonas e o champignon. Cubra-os com o molho da carne moída. Forre a forma com papel alumínio e leve ao forno por aproximadamente 45 minutos.

Colunistas

Ver tudo
28 de novembro de 2017

Prêmio Profissionais da Saúde 2017

Autor: Raquel Pessoa

20 de novembro de 2017

A história da cerveja

Autor: Bia Adjafre

2 de novembro de 2017

Gastronomia em Sobral: confira dicas

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php