17, março, 2020

Abrasel esclarece dúvidas e dá orientações a clientes e restaurantes sobre o coronavírus

Self-service
Abrasel lança orientações a clientes e consumidores de restaurantes para tranquilizá-los sobre a pandemia do novo coronavírus

Com a chegada e evolução dos casos do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, a Associação Brasileira de Restaurantes (Abrasel) lançou um comunicado no último domingo (15/03), visando tranquilizar e orientar consumidores e donos de restaurantes sobre as precauções quanto à doença. As orientações voltam-se a enfatizar boas práticas de prevenção no ambiente dos restaurantes, como manter uma distância adequada entre as mesas, oferecer antissépticos à clientela – como o álcool em gel e sabão e água – e o sempre recomendado bom manejo de alimentos, um regramento básico no setor para a prevenção não só de viroses, mas também de outros tipos de doenças. No Ceará, há 11 casos confirmados até o momento, segundo os dados mais recentes divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa): nove em Fortalezaum em Aquiraz e um em São Paulo.

“O setor de bares e restaurantes sempre esteve bem preparado para lidar com questões de bactérias e vírus. Isso é uma coisa comum do nosso dia a dia, que chamamos de boas práticas de manipulação de alimentos”, explica Paulo Solmucci, presidente da Abrasel.

Paulo Solmucci
Paulo Solmucci destaca a importância das boas práticas na prevenção à doença e dá dicas nesse sentido aos donos de estabelecimentos (Divulgação)

Além disso, Solmucci salienta a importância do bom controle do espaço do salão de cada estabelecimento: “buscamos conhecer as melhores práticas adotadas em todo o mundo de medidas que julgamos necessárias e suficientes neste momento para o enfrentamento do vírus. A mais importante, sob o ponto de vista do salão, é a redução do número de mesas. A Abrasel está sugerindo que se reduza um terço dessas mesas para assegurar que a distância entre cadeiras ocupadas seja no mínimo um metro. Ou que a distância entre as mesas sem as cadeiras seja de dois metros”, completa.

Paulo Solmucci destaca também que o setor de alimentação fora do lar já está sofrendo pequenas reduções de até 15% quanto a demandas, mas que, ao mesmo tempo, o segmento de delivery está em alta e deve se fortalecer mais ainda nas próximas semanas, o que beneficiará estabelecimentos que trabalham com entregas e encomendas.

Governo do Estado do Ceará divulga medidas de combate ao coronavírus

O governador Camilo Santana decretou ontem, segunda-feira (16), emergência de Saúde Pública, anunciando uma série de medidas para auxiliar na prevenção ao novo coronavírus, como suspensão de eventos com mais de 100 pessoas e a suspensão de aulas em universidades e escolas públicas. As medidas passam a valer a partir de amanhã, quarta-feira (18/03), e valem por 15 dias.

Camilo Santana
Camilo Santana decreta série de medidas para ajudar na prevenção ao novo coronavírus (Divulgação)

No Ceará, não há, até o momento, nenhuma restrição ou proibição quanto ao acesso a restaurantes e estabelecimentos gastronômicos. No entanto, aconselha-se à população que evite, na medida do possível, sair de casa e siga atentamente as recomendações de prevenção ao vírus dadas pelo Ministério da Saúde. Para facilitar esta tarefa, o Ministério lançou um aplicativo para dispositivos móveis chamado Coronavírus-SUS, que reúne informações úteis sobre a prevenção, sintomas, mapa de unidades de saúde próximas e outros dados úteis no enfrentamento à pandemia. O app já está disponível nas plataformas Play Store e Apple Store.

Atualizado no dia 17/03, às 18h23.

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php