2, dezembro, 2013

Alimentos antioxidantes: veja como acrescentá-los à dieta

A nutricionista Rafaela Sousa conversou sobre alimentos antioxidantes e deu dicas de alimentos

Suco verde antioxidante (Divulgação)
Suco verde antioxidante (Divulgação)

Esta semana, o Portal Sabores conversou com a nutricionista Rafaela Sousa sobre alimentos antioxidantes. De acordo com ela, os alimentos antioxidantes possuem papel essencial no combate aos danos celulares decorrentes do estresse oxidativo e tem ação anti-inflamatória. “Estes alimentos agem na limpeza hepática, portanto, atua de maneira protetora do corpo das doenças crônicas. São importantes na dieta diária”, completa.

Rafaela também diz que os alimentos antioxidantes estão no grupo das frutas, legumes, verduras, feijões e grãos oleaginosos. “Eles podem ser ingeridos in natura (cru) ou na forma de preparações, como: sucos; saladas,cozido. Os antioxidantes são compostos bioativos naturais produzidos pelas plantas para sua defesa, que no organismo humano possuem ações benéficas tais como:o resveratrol; quercetina; catequina, licopeno e outros”, explica.

Há também as vitaminas que possuem ação antioxidantes: A, C e E, as quais são cofatores para os processos antioxidantes dentro da célula do corpo.

Fontes dos compostos bioativos e Vitamina C e E:
Licopeno: tomate; goiaba; melancia
Resveratrol: uva rubi; berinjela;romã; açaí
Catequinas: chá verde; cacau
Quercetina: maçã, amora, cebola
Vitamina A: mamão; abóbora;
Vitamina C: laranja; acerola; limão;
Vitamina E: semente de girassol;castanha do Pará

Em relação à quantidade que deve ser consumida diariamente, a nutricionista diz que as recomendações são ofertadas segundo o ciclo de vida, nível de atividade física, estado clínico. “Logo, para predição das quantidades diárias há necessidade de avaliação nutricional do consumo alimentar. Para a população em geral, que encontra-se saudável, o ideal é consumir de 4 a 5 porções diárias das fontes, porém há carências ocultas que devem ser investigadas, como anemia que prejudica a absorção de nutrientes”, afirma Rafaela.

Há várias vantagens para a saúde o consumo de fontes de antioxidantes na dieta. Segundo ela, a proteção contra câncer, a obesidade, diabetes, hipertensão, alergias respiratórias, disfunções neurológicas e outros. Por estes motivos devem estar presentes na dieta do dia a dia. Quanto mais cores, mais presença das substâncias ativas para proteção do corpo.

Sugestões de receitas da nutricionista

Suco Verde para auxiliar no processo de limpeza hepática:

1 médio Pepino orgânico* com casca
½ Folha de couve Manteiga orgânica*
2 maçãs orgânicas* com casca
Suco de ½ limão Galeno Orgânica*
1 copo (200ml) de água de coco*

Modo de Preparo:
Bater todos ingredientes no liquidificador ou centrífuga, o ideal é não coar.Tomar imediatamente após a preparação do suco para reduzir perda dos antioxidantes.

*orgânicos: livres de contaminação química (agrotóxico)

Recomendação : usar 1x/dia no turno da manhã

Salada típica: Verão

Rúcula- 3 Folhas
Acelga- 1 Folha
Vagem- 3 Unidades
Cenoura- 4 mini-cenouras
Sementes de Girassol- 1 colher sopa
Castanha do Pará- 3 unidades

Molho:
Limão; ervas finas; Azeite Extra virgem, Gersal

Modo preparo:
Utilizar in natura a acelga; a rúcula; a cenoura, cozinhar com pouca água e por 5 minutos a vargem, seguida preparar refratário com todos ingredientes. Armazenar sob refrigeração.
Recomendação: Variar as cores da salada para obter mais ativos dos vegetais com ação antioxidante.

Colunistas

Ver tudo
31 de agosto de 2019

Fim de férias no delicioso Hotel Parque das Fontes de Beberibe

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php