21, janeiro, 2020

Bistrôs para se conhecer em Fortaleza

D'Abelle Bistrô
Há mais de dez anos em Fortaleza, o D’Abelle Bistrô entra em fase inédita, com nova administração e um projeto de revitalização que vai além das mudanças de cardápio (Divulgação)

Os bistrôs são pequenos restaurantes ou bares, de origem francesa, que ofertam ambiente intimista e acolhedor aos seus clientes. Geralmente dispostos em tons sóbrios e mais frios, e com iluminação pensada com as cores, o resultado final são ambientes charmosos, principalmente se em sintonia com a mobília, numa combinação bem romântica. Em Fortaleza, há bistrôs para todos os gostos, tanto para tomar aquele café da tarde ou um jantar romântico a dois. Para quem quer conhecer algumas dessas casas, acompanhe as dicas da nossa redação nesse especial sobre bistrôs para se conhecer em Fortaleza.

Prato com camarões do D'Abelle
Peixes e frutos do mar ganham destaque no cardápio do restaurante: linguado e camarão são ótimas opções (Divulgação)

D’Abelle Bistrô

A decoração intimista, inspirada em bons bistrôs europeus, aliada a um cardápio focado no que há de melhor na culinária do Mediterrâneo sempre foram os pontos fortes do D’Abelle Bistrô. A casa, que já funciona há 11 anos em Fortaleza, ficou conhecida pelo requinte nos detalhes de cada criação e pela ambientação primorosa, figurando como um dos restaurantes mais românticos da cidade

No cardápio do D’Abelle, destacam-se os frutos do mar e os pescados. O linguado, por exemplo, é uma das proteínas mais pedidas pelos clientes da casa. Para acompanhar cada delícia, um vinho sempre cai bem: a variedade de rótulos na carta do bistrô possibilita boas harmonizações não só com frutos do mar e pescados, mas também com as opções de carnes nobres do lugar. Algumas das novidades mais recentes da casa são o sirigado nordestino, o salmão com crosta de gengibre acompanhado de arroz de castanha e os tentáculos de polvo puxados no azeite e acompanhados de confit de pimentões amarelo e vermelhos

Rua Antônio Augusto, 799, Meireles
De terça a quinta, das 18h30 às 23h. Sexta e sábado, das 18h30 à 0h. Domingo, das 12h às 15h30.
Telefone: (85) 99105.4646

L'Cafe
Doces e arte em calda de chocolate no L’Café (Divulgação)

L’Café

Esse charmoso café no centro do bairro Edson Queiroz foi aberto em 21 de setembro de 2012. Desde então, o L’Café tem apostado em todos os pontos de uma boa e acertada gastronomia: comida saborosa e visualmente atrativa, espaço elegante e aconchegante e diferenciais que ofereçam conforto aos seus clientes. A casa nos remonta a um bistrô francês, com funcionários simpáticos servindo delícias nas mesas.

Quanto à culinária do L’Café, o cardápio dispõe de crepessopas saudáveis, tapiocas com recheios, sanduíches ebruschettas, além de muitas outras opções. Os temperos reúnem sabor e aroma na medida certa, além da riqueza visual dos pratos. O carro-chefe porém são as bebidas e drinks, como o L’Café, que leva o nome da casa e mistura sorvete de natacreme de avelãcastanha, café e calda de caramelo, ou um saboroso e tradicionalmocha, quentinho e combinando café e chocolate para encantar o paladar.

L'Café
L’Café traz gastronomia com requinte em ambiente confortável e intimista: casa também disponibiliza uma biblioteca para os clientes (Divulgação) 

O ambiente também merece elogios. A casa dispõe de uma estante de livros e alguns jornais, onde todos podem ser consultados livremente pelos clientes. Climatizada e com uma decoração de tons sóbrios e frios, o L’Café revela-se um excelente lugar para os desejosos por aliar uma experiência gastronômica rica e conversas agradáveis. Há também mesas ao ar livre para os que preferem estar abaixo do céu.

Avenida Engenheiro Leal Lima Verde, 88 – Edson Queiroz
De terça à quinta, das 16h às 22h30. De sexta a domingo, das 17h às 23h. Fechado nas segundas.
Telefone: (85) 3472.6106

Vieiras com aspargos
Vieiras com aspargos são opção no Medit Bistrô (Divulgação)

Medit Bistrô

O mix da insuperável comida mediterrânea com temperos do semiárido nordestino foi a grande sacada do Medit Restaurante, um dos restaurantes mais conceituados de Fortaleza, ideal para quem procura boa comida. A casa, que caminha para uma década de existência, migrou do Shopping Buganvília para novo endereço, ainda mais aconchegante e bonito.

Nas entradas, destacam-se o ceviche, clássico peruano em cubos de peixe branco marinado em suco de limão siciliano (R$30), as bruschetas de Parma (R$28), de pão italiano com muçarela e presunto. e o carpaccio de carne, com finas fatias de carne bovina e alcaparras, queijo parmesão e molho de mostarda. Nos pratos principais, o magret de carnard, peito de pato ao molho de cereja e batata mil folhas (R$64) salta aos sentidos como uma das melhores opções da casa, bem como o camarão Norte a Sul, apresentado com purê de mandioquinha, creme de espinafre, ratatui e molho hollandaise (R$66).

Rua Ana Bilhar, 1125
Horário de funcionamento: de terças a sábado, das 18h30 à 0h. Sexta a domingo, almoço executivo das 12h às 15h.
Telefone: (85) 3879.0554
34 lugares no ambiente interno e 8 lugares no ambiente externo  

Indie Café Bistrô - Trio Nordestino
Trio Nordestino do Indie Café (Divulgação)

Indie Café

Casa aconchegante e charmosa no espaço conhecido como Vila Bachá, o Indie Café é uma excelente dica aos casais apaixonados. Traz ambiente minunciosamente decorado, com boa carta de vinhos e delícias variadas. A cozinha leva o toque ítalo-francês do chef Bruno Modolo. No espaço, um belo piano Essenfelder à disposição dos visitantes afeiçoados ao instrumento, e também com apresentações habituais às quintas-feiras.

As dicas são experimentar o saboroso crepe de camarão da casa bem como os demais crepes, além das entradas variadas. Pra fechar, o morango flambado com sorvete de creme é um espetáculo gastronômico.

Vila Bachá, 5 – Meireles
De terça a domingo, das 18h à meia noite.
Telefone: (85) 3231.6341

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php