26, outubro, 2012

Brasileiro é o segundo melhor sommelier

 

O brasileiro Tiago Locatelli é o 2º melhor sommelier das Américas. A campeã do 2º Concurso Pan-Americano de Sommeliers, cuja final foi disputada nesta quarta-feira (24) no Hotel e Spa do Vinho Caudalie, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS), foi a canadense Véronique Rivest, que era a atual vice-campeã. O outro brasileiro na disputa, Diego Arrebola, ficou em 11º lugar entre 19 sommeliers de 10 países (Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos, México, Peru, Uruguai e Venezuela). 
 
Depois de uma exaustiva fase classificatória, realizada na terça-feira (23), envolvendo um dia inteiro de provas teóricas e práticas, a finalíssima aberta ao público foi realizada ontem no Centro de Eventos do Hotel e Spa do Vinho Caudalie. Os três sommeliers finalistas – a canadense Véronique Rivest, o brasileiro Tiago Locatelli e o norte-americano Ian Cauble – cumpriram seis provas, sempre se expressando na língua não materna.
 
Na primeira, uma degustação às cegas de três vinhos (um branco e dois tintos), onde o candidato tinha 12 minutos para falar de suas características, sugerir as uvas que entram em sua composição e de qual região e país procedem. Os comentários ainda tinham de abordar a temperatura de serviço ideal e pratos adequados para harmonizar com eles. Depois, em três minutos os candidatos deveriam adivinhar o que eram cinco líquidos oferecidos nas taças. A terceira prova era um serviço de champagne, que deveria ser cumprida em seis minutos. A quarta, serviço de um vinho tinto em decanter, em seis minutos. Em seguida, os finalistas tiveram de harmonizar um cardápio internacional em quatro minutos. E, por último, a correção oral, em três minutos, de uma carta de vinhos com 10 rótulos. 
 
O 2º Concurso Pan-Americano de Sommeliers, uma espécie de Copa América do Serviço de Vinho, foi promovido pela Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), Associação Internacional de Sommeliers (ASI) e Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). O vencedor está classificado para o Concurso Mundial de Sommeliers, que ocorrerá em 2013 no Japão. “Foi um orgulho realizar este concurso no berço da vitivinicultura brasileira em um local elegante e refinado como merece a profissão de sommelier”, comenta Danio Braga. Ele promete criar a ABS-RS no início do ano que vem. “Precisamos formar mais sommeliers aqui no Rio Grande do Sul”, diz ele.
 
 

Colunistas

Ver tudo
16 de maio de 2019

Dragão Fashion Brasil ocorre em Fortaleza

Autor: Raquel Pessoa

css.php