16, setembro, 2013

Cajueiro da Suco Jandaia conta com certificação orgânica

cajusA Jandaia recebeu esse ano a Certificação Orgânica para o plantio, industrialização e distribuição do caju. A auditoria de certificação orgânica foi realizada nas fazendas da Jandaia, nas unidades Tabajara e Br Juice . O título que garante a procedência (origem) e a qualidade de seus produtos, só é concedida após uma ampla avaliação que vai desde a fonte de produção agrícola, plantio e colheita de frutos, feita na fazenda Tabajara, até os processamentos industriais, processamento de frutos feito na unidade BR Juice.

A IMO Control, certificadora que fez o processo de auditoria nas fazendas da Jandaia, é devidamente credenciada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e também credenciada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), que assegura por escrito que determinado produto, processo ou serviço obedece às normas e práticas da produção orgânica.

Para a Jandaia conseguir a certificação, foram avaliados os processos de plantio e colheita na fazenda, verificando como ocorre cada etapa, e se elas não tinham qualquer tipo de contaminação química, seja por agrotóxicos, por fertilizantes ou adubos químicos. Amostras do solo, em pontos distintos da fazenda, foram coletados para análise de ausência desses componentes.
Na unidade de processamento de frutos, a BR Juice, foram avaliados todos os processos produtivos, desde a garantia de origem do fruto até a expedição do produto final, garantindo que não há durante essas etapas contaminação cruzada entre um produto orgânico e um produto convencional.

O diretor da Jandaia, Eduardo Figueiredo, comemora e explica a importância da certificação. “Para apresentar aos consumidores uma maior segurança quanto à qualidade de nossos produtos, para lhes dar a certeza de que, além do ótimo sabor, eles são livres de organismos geneticamente modificados, são mais nutritivos e que nosso plantio é feito em harmonia com o meio ambiente”.

A Jandaia ressalta ainda que a diferença de produtos orgânicos ocorre com base em suas qualidades físicas, decorrentes principalmente da ausência de agrotóxicos e adubos químicos, por exemplo, que estão mais diretamente relacionadas à forma como esses produtos foram produzidos. O detalhe é que estas características não são facilmente identificadas pelo consumidor na hora da compra, no entanto, a certificação é uma garantia de que produtos rotulados como orgânicos tenham, realmente, sido produzidos dentro dos padrões da agricultura orgânica.

“Quando os consumidores decidem pela compra de produtos orgânicos e pelo pagamento de um prêmio por efeitos positivos à saúde e redução de impacto ambiental, entre outros atributos, eles esperam obter, em troca, um produto de origem orgânica garantida”, complementa Eduardo.
Sucos Jandaia

A Jandaia é uma empresa genuinamente nordestina que, através da produção de sucos de frutas, é reconhecida em todas as regiões do Brasil e exporta para mais de dez países. Atualmente a empresa produz linha de sucos integrais e prontos para beber, que ultrapassa 30 produtos diferentes. Além do caju, nativo da região e cultivado pela Jandaia numa área de 3 mil hectares, embala sucos de abacaxi, acerola, caju, goiaba, manga, uva e muito mais. Processa 40 mil toneladas de frutas por ano e produz 65 mil toneladas por ano, entre sucos concentrados e prontos para beber.

Além da Certificação Orgânica, que acaba de ser adquirida, a Suco Jandaia tem sua qualidade reconhecida desde 2008 pelo ISO 22000 (certificado pela TUV Rheinland – empresa alemã, criada em 1.872, presente em 62 países, de todos os continentes, reconhecida como uma das mais renomadas certificadoras do mundo).

 

Colunistas

Ver tudo
31 de agosto de 2019

Fim de férias no delicioso Hotel Parque das Fontes de Beberibe

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php