21, outubro, 2018

Camarão: receitas, dicas e mais

Moqueca de Camarão (Divulgação / Receitas Ig)
Moqueca de Camarão (Divulgação / Receitas Ig)

Camarão é uma das iguarias finas dos frutos do mar. A palavra nomeia vários crustáceos diferentes, existindo os mais diversos tipos e tamanhos de camarões. Rendendo receitas diversas e deliciosas, os usos desse ingrediente são os mais diversos possíveis: pizzas, crepes, risotos, cremes, camarão no espetinho de churrasco… São tantas as possibilidades quanto maior for a criatividade do cozinheiro. Como lidar com o ingrediente e preparar a receita de camarão perfeita?

Pensando neste dilema, o Portal Sabores reúne hoje dicas variadas para o uso e preparo dos camarões, acompanhadas de receitas especiais. Se você gosta de um camarão, leia a matéria até o fim e amplie seus conhecimentos sobre esse crustáceo irresistível! As dicas a seguir são dos chefs Bella Masano, Juliana Valese e William Ribeiro e do Ig Receitas.

NO MERCADO
– Para saber se estão frescos, verifique se os camarões mantém o corpo em curva e a cabeça grudada ao corpo.
– Cheiro suave e casca brilhante também indicam frescor. Se os crustáceos parecerem secos e tiverem manchas pelo corpo, já estão em processo de deterioração.
– Antes de sair para comprar camarão, tenha em mente o que vai preparar. Os miudinhos são mais apropriados para recheios de pastéis, croquetes, molhos e aperitivo – fritinhos no azeite e com bastante alho. Já os graúdos, que são bem mais caros, ficam melhores em receitas onde são os protagonistas, como os camarões ao champanhe, à provençal e as moquecas.
– Os crustáceos de mar são mais saborosos e têm aspecto melhor. Apesar de mais baratos, os de água doce são mais escuros e sem graça.
– É muito mais fácil ter certeza de que o produto está fresco quando ele está inteiro. Cabeça e rabo escuros são indícios de deterioração.
– Aproveite as cabeças dos camarões. Como guardam muito sabor, rendem ótimos caldos e molhos.
– Camarões congelados sempre têm perda de sabor e de textura. Mas, em geral, são processados com mais cuidado do que os frescos, que podem ficar muito tempo expostos à contaminação e fora da temperatura ideal.

NA COZINHA

Algumas receitas do Portal Sabores: Camarão na Moranga (Divulgação)
Algumas receitas do Portal Sabores: Camarão na Moranga (Divulgação)

– Se estiverem congelados, o recomendável é descongelar os camarões dentro geladeira. Tire o pacote do freezer na noite anterior ao preparo e coloque-o na porta de baixo do refrigerador. Esse é um processo que deve ser feito lentamente.
– Camarões inteiros só precisam ser limpos se forem médios ou grandes. Os pequenos podem ser consumidos inteiros. Nos maiores, o importante é retirar a cabeça e a tripa, fazendo uma incisão na casca. A tripa é o trato intestinal do camarão, um veio negro que percorre o corpo todo do crustáceo e pode ser facilmente identificado. Se não for retirado, a receita fatalmente ficará com sabor desagradável e amargo.
– Durante a limpeza, é preciso cuidado para que os crustáceos não sejam contaminados por bactérias. Deixe-os de molho em uma tigela com água gelada e, à medida que for limpando, transfira-os para outro recipiente também com água gelada. Deixá-los expostos à temperatura ambiente é pedir para que virem um meio de cultura para microorganismos.
– Na hora de cozinhar, fritar ou grelhar, preste muita atenção: os camarões têm uma carne que cozinha muito rápido. Se você relaxar, ela pode passar do ponto. O ideal é dourá-lo rapidamente dos dois lados.

Que tal esses Pasteizinhos de camarão: lanche crocante e de recheio delicioso? (Divulgação)
Que tal esses Pasteizinhos de camarão: lanche crocante e de recheio delicioso? (Divulgação)

– Se o óleo, a água ou mesmo a panela onde for preparar os camarões não estiverem muito quentes, eles vão soltar água, não vão cozinhar por igual e terão sua textura comprometida. Além de rápido, o cozimento precisa de muito calor.
– Assim que eles mudam de cor e ficam mais branquinhos e alaranjados ou rosados, estão prontos. Dependendo da receita, vale até a pena colocar o camarão recém-cozido em uma tigela com água e gelo. Isso vai interromper o cozimento, deixar a carne mais crocante e as cores vivas.
– Se for usar o camarão em molhos, adicione-os à receita apenas no final, desligando o fogo depois que forem acrescentados.
– Tempere-os com sal depois que estiverem cozidos ou no final do processo de fritura. Se eles chegarem temperados à panela, estarão predispostos a perder líquido.

TOP 5 Receitas de Camarão do Portal Sabores:

1. Risoto de Frutos do Mar

2. Camarão na Moranga

3. Pasteizinhos de Camarão

4. Moqueca de Peixe e Camarão

5. Macarrão com Molho de Camarão

Colunistas

Ver tudo
31 de agosto de 2019

Fim de férias no delicioso Hotel Parque das Fontes de Beberibe

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php