1, fevereiro, 2014

Culinária ítalo-gaúcha em Fortaleza: Galeteria Nova Vitchenza

Massa Vitchenza
Massa Vitchenza

A culinária ítalo-gaúcha, com sua tradição nos sabores e nas receitas, está muito bem representada em Fortaleza. Aos olhos dos visitantes, a Galeteria Nova Vitchenza, única na capital, é um lugar familiar, aconchegante e com atendimento atencioso e simpático. A galeteria foi fundada no ano de 1995 (há 19 anos) pelo gaúcho e descendente de italianos, José Bartelli. O nome da Galeteria advém de um bairro colonizado por italianos na cidade de Farroupilha- RS, chamado Nova Vicenza. José Bartelli faleceu em 2012, mas a Galeteria Nova Vitchenza continua funcionando normalmente, sendo administrada pela esposa de Bartelli, Elenir Feitosa Bartelli.

Quem visita a galeteria tem de ir disposto a comer. Lá são servidos pratos tradicionais da culinária ítalo-gaúcha, tais como polenta frita, spaguetti, lombo suíno assado com abacaxi e maionese de batata. Mas o produto que se destaca no Nova Vitchenza é o Galeto Primo Canto que pode ser assado na brasa ou à passarinha. O Galeto Primo Canto é um frango abatido ainda jovem e são utilizados apenas coxa e sobrecoxa para comer. A Galeteria Nova Vitchenza compra toneladas dessa ave uma vez por mês, diretamente da cidade de Montenegro, no Rio Grande do Sul.

O Portal Sabores foi degustar o menu da casa e experimentou um pouco de tudo. Os destaques foram a polenta frita e o galeto à passarinha. A polenta é servida bem quente, é necessário tomar um pouco de cuidado antes de comer. É crocante por fora e bem macia por dentro. Há quem diga que é a melhor polenta de Fortaleza. Não deixa dúvidas. O galeto à passarinha é frito e vem coberto com alho frito, no ponto, sem deixar aquele sabor apurado do alho na comida. Excelente pedida.

Tem ainda a maionese de batata que é a mesma servida no Rio Grande do Sul. E as massas Vitchenza e Carbonara. As massas são caseiras. E o molho Vitchenza é feito com carne que é cozida com vinho e cebola por 12 horas. Já o molho carbonara não leva creme de leite e é feito apenas com linguiça, bacon, ovos, queijo e salsinha.

Vinhos, sucos e cervejas também são vendidos na Galeteria. A grapa, bebida típica gaúcha, também é vendida na casa.

Há também o serviço de encomenda de massas congeladas. Raviolli, Tortei e Agnoline são massas produzidas pela Galeteria Nova Vitchenza e muitos clientes cativos compram congelados para consumir em casa.

O rodízio custa R$ 27,00 (criança paga meio rodízio), porém a média de consumo, que inclui bebidas e taxa de serviço fica em torno de R$ 40,00 por cliente. Quem preferir pode pedir os pratos a la carte. As massas, por exemplo, custam R$ 14, e a meia porção, R$ 10.

Serviço
Galeteria Nova Vitchenza
Rua Dr. Medeirinhos, 147- Meireles.
Tel: 3224.0611 (Próximo ao Prontocárdio e Palácio da Abolição)
Aceita cartões de crédito. Wi-fi para clientes.
Funciona de quarta a sábado das 11h às 15h e 18:30h às 23h, domingo de 11h às 16h.

Colunistas

Ver tudo
31 de agosto de 2019

Fim de férias no delicioso Hotel Parque das Fontes de Beberibe

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php