10, setembro, 2013

Dama Bier lança ‘four-pack’ especial para degustação

Com quatro lúpulos diferentes, o Single Hop tem a proposta de evidenciar as diferenças no sabor e no aroma das quatro cervejas que compõem o kit

Dama Bier lança ‘four-pack’ especial para degustação
Dama Bier lança ‘four-pack’ especial para degustação

Mais que fabricar cervejas artesanais, a Dama Bier tem o comprometimento de fomentar e incentivar a cultura cervejeira no Brasil. Sempre atenta às demandas do segmento, a cervejaria observou que havia a necessidade de um produto diferenciado no mercado que fosse destinado à prática da degustação e que ampliasse o conhecimento dos amantes de cerveja.

Assim, a Dama Bier lança o Programa Single Hop. Consiste em um kit com quatro ce rvejas, todas do tipo Indian Pale Ale, porém cada uma tem apenas uma única variedade de lúpulo na receita, o que permite ao consumidor se atentar às diferenças de cada uma delas no paladar e no olfato.

As quatro cervejas passam pelo processo chamado First Wort Hop, que consiste em adicionar o lúpulo no mosto primário, além de diversas adições durante a fervura. Depois, acontece o Dry Hopping, que é a adição de lúpulo ao final da maturação.

Essas etapas são fundamentais para que as cervejas tenham aromas e sabores mais intensos perante as demais que não submetidas a essa técnica. Os lúpulos escolhidos pela Dama Bier para integrarem as receitas do Single Hop foram criteriosamente escolhidos e são importados da Austrália (Topaz), Nova Zelândia (Motueka) e Estados Unidos (Ahtanum e HBC 342). Cada uma contém 6,5% de álcool e 60 IBUS (International Bitterness Units). Além disso, as cervejas trazem rótulos modernos representados pelos quatro elementos do planeta (Terra, Água, Fogo e Ar) que, cada um à sua maneira, são determinantes para todo o processo de fabricação das bebidas.

Dama Motueka
Com o rótulo representado pelo elemento TERRA, que proporciona condições de plantar o cereal e o lúpulo para produção de cerveja, a Dama Motueka tem boa base de malte, que agrega equilíbrio ao dulçor, sendo escoltada por generoso amargor e sabores cítricos. O aroma segue a mesma linha com tons ligeiramente cítricos, florais e frutados (limão). O lúpulo Motueka é uma variedade neozelandesa, proveniente do cruzamento de variedade local com o a variedade Saaz.

Dama Topaz
O elemento FOGO, que dá a condição de fazer a secagem do malte e no processo de preparo do mosto, é o que representa o rótulo da Dama Topaz. A cerveja tem notas aromáticas frutadas de lichia, terrosas e é sutilmente adocicada. A base de malte proporciona agradável equilíbrio, acompanhada de fugaz amargor e sabores frutados desta variedade de lúpulo.

Dama Ahtanum
O rótulo é representado pelo elemento AR, que proporciona condição para a levedura executar a fermentação. A Dama Ahtanum tem aromas florais combinados com essência cítrica. O malte traz notas doces escoltadas por persistente amargor e sabor frutado e levemente picante. O lúpulo Ahtanum é uma variedade americana, foi desenvolvido no Vale Ahtanum Creek em Washington.

Dama HBC 342
O elemento ÁGUA, que participa junto ao malte no processo inicial de preparo da bebida e que agrega diversas características ao produto dependendo da sua composição, é o que representa o rótulo da Dama HBC 342. Tem fino amargor, com um toque de casca de limão e notas herbais seguidas por notas maltadas. O aroma apresenta-se com belas notas florais, condimentadas e ligeiros tons cítricos. O lúpulo HBC 342 é uma variedade experimental americana.

Saiba mais em www.damabier.com.br

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php