21, fevereiro, 2019

Dia do imigrante italiano: culinária é traço cultural marcante da Itália

Grelhado Imperial do Jardim do Alchymist
Grelhado Imperial do Jardim do Alchymist (Divulgação)

Amanhã, dia 21 de fevereiro, comemora-se o Dia do Imigrante Italiano. Entre as principais heranças deixadas por estes povos estão os dotes culinários. Em Fortaleza e todo o país, é comum nos depararmos com uma restaurante especializado nessas especialidades, assim como também em todo o mundo. Não é a toa que a pizza, receita italiana, está no topo dos pedidos com raízes nesta origem, mas hoje já existe uma infinidade de pratos que caíram no bom gosto.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Banco do Ramon, na maior metrópole da América Latina, São Paulo, quando se trata de culinária estrangeira, 41% dos entrevistados preferem ir em restaurantes italianos, ficando à frente de restaurantes orientais (32%), portugueses (7%), árabes (6%) e outros tipos (14%). Dados que se estendem para o Ceará.

Na capital, restaurante com empreendedores de origem italiana e com o conceito característico do país banhado pelo mar Mediterrâneo fazem sucesso. O Jardim do Alchymist, do empresário Giorgio Bonelli, consolidou-se no roteiro gastronômico da cidade.

Diretora do restaurante, Cléa Girão conta que o menu hoje preza por pratos italianos, mas que permitem também recriar outras novas opções, além de receitas da cozinha contemporânea. “O Brasil tem essa semelhança com a Itália, de sabores, aromas e de uma cozinha livre para sobreposição de sabores. Nossa cultura já está acostumada em consumir massas nas refeições, algumas caíram no gosto popular”, destaca. Cléa conta ainda que no restaurante também são acrescentados alguns ingredientes nesses pratos tão tradicionais, como por exemplo, o filé à parmegiana, frango ou ovo.

Alchymist
Alchymist tem lindo ambiente e espaços diferenciados para realização de eventos (Divulgação)

Pratos

Entre os mais pedidos na casa está o risoto. A especialidade italiana já passou por muitas adaptações no Brasil. De acordo com Glauber Souza, gerente do restaurante, a receita no Jardim do Alchymist é servida como prato principal, de entrada e até mesmo acompanhamento. “Agrada bastante clientes pela versatilidade em sua receita. Existe risoto de camarão, frango, brócolis, abóbora, espinafre. No da nossa casa, ousamos em acrescentar na receita original arroz carnaroli, lagosta, lula, polvo, camarões, mexilhões, vinho branco e especiarias. É a nossa adaptação fortalezense”, brinca Glauber.

Outro prato com essas características e que ganha destaque é a lasanha à bolonhesa. Entre os ingredientes e especiarias adaptadas pela cozinha do restaurante, mas que não foge da tradição italiana, está o molho bolonhesa, bechamel e queijo parmesão, gratinado ao forno.

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php