11, julho, 2013

Dia dos Pais: Amazon Beer dá dicas de presentes

Amazon Beer tem produtos diferenciados com receitas únicas, que são presentes para surpreender e conquistar o paladar dos amantes de cerveja

Divulgação
Divulgação

Escolher um presente original, inédito e que realmente agrade no Dia dos Pais é uma tarefa bastante difícil para a família, pois muitas vezes o pai já ganhou de tudo que se possa imaginar. No entanto, sempre há uma alternativa e a Amazon Beer tem a solução para esse contratempo, pois une a paixão de todo pai à originalidade que a família procura. O resultado disso são cervejas artesanais produzidas com elementos da Amazônia que vão surpreender e conquistar o paladar de qualquer um que goste da bebida fermentada mais consumida no Brasil.

Premiada com medalha de ouro no I Festival Brasileiro de Cerveja, a Forest Bacuri tem um toque único e especial. Com estilo fruit beer, é clara, leve e tem espuma de boa persistência. O aroma frutado é proveniente da maturação com Bacuri, fruto amazônico. A Forest Bacuri harmoniza com palmito, queijos e peixes. O teor alcoólico é de 3,8%.

A Red Ale Priprioca, que recebeu medalha de bronze no mesmo festival, tem sabor singular diante das outras cervejas vermelhas, pois tem sementes de cumaru na composição. Produzida nos moldes da escola inglesa, mas com o diferencial da raiz amazônica, que é conhecida pelo aroma amadeirado e picante, a Red Ale Priprioca tem alta drinkability em notas herbais e frutadas, com maltes e lúpulos em perfeito equilíbrio. Com 6% de teor alcoólico, a cerveja é ideal para paladares exigentes. Costelinha suína e linguiça harmonizam perfeitamente com a cerveja.

Ganhadora da mesma medalha que a Priprioca, a Stout Açaí é fiel ao estilo Dry Stout. Além do aroma e sabor de café, toffee, chocolate e malte torrado, a cerveja tem o diferencial do açaí na composição, o que a deixa ainda mais encorpada. A espuma é de boa formação e persistência e a coloração é escura. O teor alcoólico é de 7,2%.  Harmonização com mandioca frita, língua defumada, feijoada e brownie de chocolate são ótimas sugestões.

Também coroada com a medalha de bronze no I Festival Brasileiro de Cerveja, a Witbier Taperebá tem origem belga e leva trigo em sua receita. Diferencia-se das cervejas de trigo alemãs por ser condimentada e cítrica. O taperebá, fruto amazônico também conhecido como cajá, proporciona à Witbier um aroma inconfundível. Tem 4,7% de teor alcoólico. A cerveja faz combinação perfeita com bolinho de camarão, lascas de bacalhau e peixes.

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php