5, maio, 2017

El Molino: iguarias da Espanha em Fortaleza

Calamares rebozados
“Calamares rebozados”: anéis de lula frescos e macios empanados são uma das “tapas” mais deliciosas do El Molino (Divulgação)

Quando o assunto é comida espanhola em Fortaleza, o El Molino figura como um dos locais de referência. Tendo aberto suas suas portas em 2012, o restaurante espanhol começou funcionando como delivery expresso de paellas e tortillas. Seguindo-se uma boa aceitação do público, dois anos e meio de muitos pedidos da clientela renderam depois a abertura da atual charmosa e intimista casa, localizada na Avenida Ana Bilhar. “Além dos pedidos de nossos clientes por um espaço aberto ao público, começamos a verificar a demanda, em Fortaleza, por um espaço que oferecesse a culinária espanhola de forma mais fiel e representativa, pois o que havia em nossa cidade eram ofertas de cozinha espanhola ‘abrasileirada'”, comenta Luciana Diego, que comanda o Molino ao lado do marido e chef do ambiente, Jorge Diego.

Quanto ao nome escolhido para o estabelecimento, que em português significa “moinho”, explica Luciana: “Foi, na verdade, uma fusão de significados para o Jorge e para mim… Tem a ver tanto com a literatura de Cervantes e com o personagem ‘Don Quijote’, que alucina com gigantes que na realidade são moinhos, quanto com a ideia de que os moinhos são a força motriz que, através das intempéries, pode gerar energia, vida… Mas é um significante muito íntimo nosso”.

Paella Valenciana
Paella: destaque no El Molino (Foto: Divulgação)

O chef do El Molino, Jorge Diego, é natural do Principado das Astúrias, conhecida província espanhola. Diego migrou com a família para o Brasil quando da época da ditadura fascista em sua terra natal. Suas criações oferecem o mais tradicional da cozinha da Espanha, primando pela fidelidade aos aspectos culturais originais. Dentre as “tapas“, as tradicionais entradas do país, destacam-se o “pulpo a la gallega” (saboroso prato à base de polvo), a leitura própria do “cocinero” da “tortilla de patatas” (torta de batatas), as “croquetas de bacalao” (croquetes de bacalhau) e os “calamares rebozados” (anéis de lula empanados, de um frescor e maciez inigualável). Já no quesito pratos principais, o prato de maior saída continua sendo a paella marinera, um clássico com mexilhões, camarão, lagosta e outros ingredientes. “Os guisados de cordeiro e rabo de toro também não ficam atrás em termos de saída”, destaca Luciana.

A diversidade de cardápio é um ponto alto e inclui também o “conejo ao romero” (coelho guisado com toque de alecrim), o arroz negro (um arroz com tinta de lula com “sabor de mar”), a “caldereta asturiana” (caldeirada de mariscos) e os outros tipos de paellas, como a Valenciana (com frango e coelho) e a mista (frutos do mar e frango). Pra encerrar, nas sobremesas, destacam-se o “arroz con leche” (arroz doce ao leite aromatizado com limão europeu, canela e um toque de anis), a “crema catalana” e a “tarta de queso“. Como se vê, nada de “abrasileirar” ou repetir outras apostas certas na cena gastronômica local, o que torna a experiência do comensal do El Molino única e mais autêntica e interessante.

Paella Marinera
Paella Marinera do El Molino: prato tem a maior saída da casa (Divulgação)

Recentemente, a casa iniciou o delivery expresso de alguns pratos do cardápio por meio da plataforma Spoonrocket, então vale a pena conferir se o seu desejo for comer as delícias da Espanha no conforto de casa. Mas, garantimos: nada substitui uma visita ao charmoso El Molino, onde a certeza de satisfação com tamanha imersão em uma cultura deliciosa e interessante como a espanhola é absoluta.

Serviço
El Molino
Rua Ana Bilhar, 1129, Varjota
Horário de funcionamento: quinta, das 18 às 23h. Sexta e sábado, das 13h30 às 14h30 e das 18h às 23h. Domingo, das 11h30 às 15h30.
Telefone: (85) 3044.1077 | 3461.1521

Colunistas

Ver tudo
16 de maio de 2019

Dragão Fashion Brasil ocorre em Fortaleza

Autor: Raquel Pessoa

15 de maio de 2019

Rodeio em Ribeirão Preto

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php