18, agosto, 2017

Festival Costume Saudável chega a sua quinta edição em Fortaleza

Festival Costume Saudável
Festival Costume Saudável esse ano ocorre em três dias: confira a programação (Divulgação)

Ganhando mais um dia em relação às edições anteriores, o Festival Costume Saudável está de volta: o evento acontece nos dias 25, 26 e 27 de agosto, no estacionamento do Shopping RioMar Fortaleza. A expectativa é de 10 mil pessoas por dia, superando o público de 7 mil da edição de 2016. 

Indo além dos temas comuns quando se fala em vida saudável, como atividades físicas e dieta, a quinta edição do Festival Costume Saudável tem como objetivo conversar com os mais diversos públicos, trazendo qualidade de vida, relacionamento familiar, música, diversão e, claro, informação. Durante os três dias de evento, em uma área de sete mil metros quadrados, quatro mil serão ocupados por stands de mais de 40 empresas. São mais de 120 palestras, 48 oficinas culinárias e 48 aulas de academias.

Para idealizar a programação do Festival, a organização contou com a colaboração de dez pessoas de “universos” diferentes. A partir das reuniões, onde cada uma contava das suas necessidades, surgiram os temas que despertam interesse em cada nicho, como: alimentação restrita; naturais, como vegetarianas e veganas; pessoas com mais de 50 anos; esportistas; mães; diabéticos; sedentários ou simplesmente pessoas que buscam estreitar as relações com amigos e familiares. “Com a participação dessas pessoas, queremos realizar um Festival Costume Saudável mais completo e diversificado”, explica Joana Ramalho, Coordenadora do Festival. 

Cada atividade contará com estrutura própria. Na lista estão: palco central para talk shows, palco cultural, quatro salas para palestras, duas salas de oficinas culinárias, uma sala voltada para assuntos de meio ambiente e sustentabilidade, feira de microempreendedores, apresentações artísticas e culturais da Duetos escola de música, food park saudável do Lá Fora Food Park, espaço kids, duas salas de academias, arena crossfit, feira colaborativa, tendas com demonstração e degustação de produtos, bicicletário, entre outros. O evento é pet friendly.

Drauzio Varella
Médico Dráuzio Varella é presença confirmada no Festival Costume Saudável deste ano (Divulgação)

O ingresso custa R$30 para todos os dias do Festival, com meia entrada de R$15. Para quem deseja participar apenas de um dia, o valor fica R$20 inteira e R$10 meia entrada. Este ano, a novidade é que o ingresso pode ser adquirido por meio do aplicativo Minha Cidade Saudável (disponível gratuitamente para os sistemas iOS e Android), com pagamento via cartão de crédito, ou nas lojas dos Mercadinhos São Luiz, com pagamento em dinheiro. Crianças até 12 anos têm a entrada gratuita e todo valor arrecadado com as inscrições será doado ao Instituto do Câncer do Ceará.  

Confira mais detalhes da programação:

Projeto Escola

Além de mais um dia de atividades, o Festival Costume Saudável traz ainda mais uma novidade: o Projeto Escola. Durante a manhã de sexta-feira, dia 25, 500 alunos de 7 a 9 anos, de duas escolas públicas e duas privadas, terão a oportunidade de conhecer de perto o Festival, com aulas e palestras voltadas para eles. Segundo Joana Ramalho, Coordenadora do evento: “A gente quer fazer com que as crianças tenham essa vivência. Entendemos que o evento vai além da alimentação e do esporte, é um estilo de vida que começa desde os primeiros anos. Queremos que as crianças conheçam esse universo, plantando essa sementinha que ajuda tanto na escola quanto na vida.”

Palestras e grandes nomes

Alimentação infantil, alimentação saudável, pesquisas, autoestima, obesidade, maternidade e restrições alimentares são alguns dos temas das mais de 120 palestras que são realizadas ao longo do evento. Algumas das apresentações serão realizadas no palco principal, entre elas: o médico Drauzio Varella, trazendo as verdades sobre o leite; o nutricionista Luciano Bruno, com a palestra “O alimento em foco: escolhas, mudanças, prevenção e tratamento”; o especialista em nutrição esportiva Valden Capistrano e o biólogo Bruno Zylber. As salas contam com a capacidade para 30 pessoas enquanto o palco pode acomodar, no total, 600 pessoas.

Atividades físicas e cozinha: na práticaOs laboratórios também são grandes atrações do Festival. Neste ano, Senac e Granja Regina dividem os workshops culinários, ensino receitas práticas e saudáveis, ideais para o dia a dia. E para quem quer conhecer e praticar algumas modalidades físicas, o evento conta também com aulas de zumba, Isostretching, muay thai, acro yoga, pilates power, cross fit, thai chi chuan, yoga, ballet fit, dentre outras. 

O Festival Costume Saudável também será palco de uma competição de Crossfit: a Batalha dos Boxes. Em parceria com a BBX, o evento promove um encontro para o público feminino, em que os boxes da cidade apresentam os seus desempenhos. A participação tem uma inscrição à parte (R$ 150), mas para assistir é gratuito. 

Transformadores e Resgate Costume Saudável

Para mostrar que adoção de hábitos saudáveis não precisa ser monótono e cansativo, o Festival Costume Saudável já está promovendo também dois desafios: o Transformadores, que une 15 pessoas de diferentes perfis e o Resgate Costume Saudável, que desafia 12 jornalistas da cidade. Os dois visam a mudança do estilo de vida dessas pessoas, atrelando alimentação saudável e atividades físicas. Durante um mês, os participantes contam com o apoio de academias (o primeiro grupo é da academia GreenLife e o segundo, da Central do Corpo), nutricionistas e dos Mercadinhos São Luiz. Os resultados alcançados são apresentados durante o Festival e os participantes conversam com o público sobre suas experiências.

Serviço
Festival Costume Saudável
Data: 25, 26 e 27 de agosto
Local: Estacionamento do Shopping RioMar Fortaleza
Valor: R$ 30, pelo aplicativo Minha Cidade Saudável
www.costumesaudavel.com.br

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php