5, novembro, 2012

Festival em Icapuí

 

Cozinheiros de barracas de praia, de restaurantes e amadores de Icapuí participaram concorrendo ao título de melhor chef da região no I Festival de Gastronomia da cidade. No entanto, o vencedor acabou sendo um cozinheiro amador. Em primeiro lugar, Francisco Belarmino preparou um sirigado com batatas, requeijão e queijo ao molho de vinagre balsâmico. Auditor no dia a dia e cozinheiro nas horas vagas, é um apaixonado por gastronomia. "Gosto de comer bem e também de brincar na cozinha. Abro um vinho e vou brincando", comentou.
 
Em segundo lugar, Zenaide da Silva comentou que adorou participar do concurso. "Foi a primeira vez que concorri com outros cozinheiros. Fiquei feliz de ter sido premiada e isso vai me empolgar para trabalhar mais. Minhas moquecas ja são um sucesso e agora vou continuar", conta a cozinheira da barraca João Velho, que fica na praia de Requenguela. Ela concorreu com uma moqueca de siri.
 
Roberta Maria da Silva, terceiro lugar, também gostou da iniciativa. No entanto, sentiu falta de mais organização. "A gente nem tinha onde finalizar os pratos direito",disse a cozinheira do restaurante Aldeia do Areal (Ibicuitaba), que participou com uma moqueca de frutos do mar. 
 
Os três primeiros lugares receberam troféus, prêmios em dinheiro e certificados. Também participaram Janaídes Braga (Barraca do Carlinhos – Redonda), Francisca das Chagas (Barraca da Chaguinha – praia da Placa), Antônio Evanir de Oliveira (Peixada do Toinho – praia Manibu), Maria Aurineide da Costa – Tremembé), Maria Mariveide Braga (Pousada e Barraca do Francisco – Barreira de Cima) e Margarida Verissimo (Kite Mansion – Quiterias).
 
Outras ações
Além do concurso, o evento contou apenas com ações pontuais relacionadas à gastronomia. Além de palestras para a comunidade local, os chefs Juscelino Menezes (Grazie! Restaurante) e Berta Lopes (Marquês da Varjota) foram convidados para preparar menus com ingredientes locais. Os menus foram harmonizados com vinhos portugueses e cervejas sob a direção do sommelier Marcus Vale. Porém, era apenas para convidados. 
 
Na praça principal do evento, a gastronomia de Icapuí perdeu lugar pra comidinhas de festa. Lá, a comida local acabou ficando em segundo plano e quem procurou pratos regionais encontrou apenas sanduíches, salgados e pizzas. Restava conferir os shows musicais (Chico Pessoa, Italo e Reno, entre outros).
 
A expectativa é que a próxima edição conte com mais estrutura para a área de gastronomia e que esta tenha mais destaque no evento que aponta o tema no nome. 
 

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php