17, janeiro, 2014

Garrafeira 520: winebar

Garrafeira 520 oferece diversas opções de vinhos e outras bebidas, além de entradas para harmonização

Garrafeira 520 (Reprodução Facebook)
Garrafeira 520 (Reprodução Facebook)

Que tal comprar vinhos e ter a opção de tomá-los no próprio local da compra? Essa alternativa já é viável na Garrafeira 520, espaço criado para a compra de vinhos e outras bebidas e consumo na loja.

Um dos sócios, Giovani Garcez, diz que após a inauguração a loja se transformou em um winebar. E o melhor de tudo é que a casa oferece opções de entrada para harmonização com as bebidas.

No portfólio da Garrafeira 520, há cerca de 590 rótulos de vinhos de 15 países, com preços a partir de R$ 40, de acordo com Garcez. A ideia, segundo ele, é deixar a casa com uma cara mais descolada para o consumo do vinho. E conseguiram isso. O ambiente confortável e aconchegante chama o visitante para entrar no mundo do vinho.

Garcez afirma que entre os vinhos mais consumidos estão o português Paço do Conde, o italiano Brunello di Montalcino e o chileno Surazo.

Há dois meses funcionando, a casa já atingiu todas as expectativas. Garcez diz que os objetivos iniciais foram atingidos, e que a ideia é fazer com que o consumo de vinho aumento e que os preços para os clientes sejam justos e honestos.

Entradas
Degustação de pães, mini bruschettas, carpaccio, rosbife de filé, prancha de frios, tábua de queijos, bacalhau garrafeira, cheesecake, torta trufada.

Outras bebidas
Além dos vinhos, a casa também oferece outras opções de bebidas. No cardápio, é possível encontrar 8 marcas de uísques, 4 de cachaças, rum, licores, tequilas. As cervejas Calsberg, Therezópolis, Baden Baden, Liefman’s, Duvel, Vedett e Colorado.

Serviço
Garrafeira 520
Rua Vicente Leite, 520, Meireles
Telefone para reserva: 85 3099-0520
Funciona de 9h até meia noite

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php