30, maio, 2017

Harmonização de queijos e vinhos é dica para Dia dos Namorados

Marca sugere dia de queijos e vinhos
Marca sugere dia de queijos e vinhos para comemorar a data dos Namorados (Divulgação)

Para comemorar o Dia dos Namorados nesse 12 de junho em grande estilo e surpreender a pessoa amada, a dica da Tirolez, tradicional marca de laticínios do País, é preparar uma deliciosa noite de queijos e vinhos à luz de velas.

“A degustação a dois e a combinação dos sabores marcantes dos alimentos podem transformar a data num momento ainda mais especial”, propõe a marca. Para montar uma tábua de queijos, a Tirolez sugere a combinação de sabores e texturas diferentes, que pode proporcionar uma experiência gastronômica mais interessante. “Cada queijo possui características específicas e não há um queijo melhor ou pior, tudo depende do paladar e da preferência de cada pessoa”, explica Gabriela Colombo, gerente de marketing da marca.

Uma boa tábua de queijos possui uma variedade de pelo menos cinco opções. Uma sugestão é combinar os queijos tipo gouda, provolone, gruyére, reino e gorgonzola. Eles têm diferentes graus de maturação e sabores bem característicos.

É comum que se adicione nozes, frutas secas, como uvas e damascos, além de frutas frescas, como figos e maçãs. “Os acompanhamentos ajudam na degustação, pois têm a função de limpar o paladar no intervalo de um queijo e outro”, explica Gabriela.

A Tirolez sugere uma tábua de queijos para 2 pessoas. Como aperitivo, o ideal é calcular 150g por pessoa. Confira abaixo a sugestão de cardápio para a noite de queijos e vinhos:

Queijos
60g de Gouda Tirolez
60g de Provolone Tirolez
55g de Gruyère Tirolez
70g de Reino Tirolez
55g de Gorgonzola Tirolez

Pães
1 baguete francesa ou 1 pão italiano tipo filão
110g de torradinhas compradas prontas ou feitas com pão sírio cortado e torrado no forno

Acompanhamentos
Dois figos frescos maduros ou dois cachos de uva Itália
40g de damascos secos
30g de uvas-passas
30g de amêndoas
30g de nozes
30g de pistache com casca

Vinho
1 garrafa de vinho tinto (Cabernet Sauvignon ou Malbec, por exemplo) ou branco (como o Chardonnay). Uma maneira de escolher os vinhos é por oposição aos sabores da tábua. Escolha vinhos mais secos se houver queijos mais cremosos e com maior teor de gordura, pois limpam o paladar. E vinhos mais doces se houver queijos mais picantes e que acompanham sabores mais salgados.

Dica especial: os queijos devem ser mantidos à temperatura ambiente 30 minutos antes de postos à mesa.

Colunistas

Ver tudo
28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php