30, setembro, 2019

La Bella Itália lança novo cardápio com ingredientes diferenciados

Vongole Cozze e Bottarga
Vongole Cozze e Bottarga é uma das novidades no cardápio inédito do La Bella Italia (Divulgação)

O restaurante La Bella Itália foi buscar em suas origens inspiração para o novo cardápio da casa, que já está à disposição da clientela. O resultado foi a união de pratos tradicionais italianos, técnicas modernas de preparação, receitas elaboradas com ingredientes de qualidade única e, praticamente, não encontrados no mercado, com um objetivo de encontrar o equilíbrio perfeito dos sabores e proporcionar uma experiência italiana única.

Para chegar ao resultado final e conseguir fornecedores para ingredientes como a bottarga, o chef Fábio Denardi e o proprietário da casa, Luca Lunghi, fizeram um verdadeiro estudo para trazer ao cardápio o que a Itália tem de novo na gastronomia, tendo como base a culinária italiana e mediterrânea. Mas o restaurante sempre teve sua pitada tradicional e foram acrescentadas também no menu receitas da época da infância de Lunghi.

Agnolotti di Vitello
Agnolotti di Vitello (Divulgação)

Juntam-se à bottarga insumos nobres como as trufas, tinta de lula, pecorino romano, gorgonzola dolce, açafrão em pistilo, cogumelos eryngui, radicchio e arroz vermelho para trazer o novo para o cardápio. Entre as novidades, os risotos: Nero di Seppia com arroz carnaroli, molho à base de tinta de lula, finalizado com lula salteada e tomate cereja confit, e o Porcini e Vitello com o arroz carnaroli, molho à base de cogumelos porcini e cubos de filé de vitelo, finalizado com pó de cogumelo porcini e azeite de trufas brancas.

Entre as pastas frescas, elaboradas diariamente no restaurante, o Agnolotti di Vitello vem com molho à base de panceta e cogumelos eryngui para dar ainda mais sabor a massa recheada com carne de vitelo e especiarias. Nos frutos do mar, a Grigliata chega com uma cauda de lagosta, lula, tentáculos de polvo e cubos de peixe grelhados, acompanhado de purê de batata, radicchio, cogumelos eryngui e tomate cereja confit. “Todas nossas massas frescas são preparadas com farinha “00” do Moinho Caputo, usamos ovos de galinha caipira para melhorar ainda mais a qualidade e agregamos na mistura sêmola italiana para dar uma melhor textura na massa”, explica o chef da casa Fábio Denardi.

Nero di Seppia
Nero di Seppia (Divulgação)

Uma das grandes novidades do menu é a seção da Pasta Grano Duro Di Martino, produto com o selo IGP (Indicação Geográfica Protegida), uma indicação certificada da qualidade da massa de “grano duro”. Ela é produzida na cidade de Gragnano, reconhecida mundialmente como a cidade da massa. Os pratos em destaques entre as escolhas são o Paccheri con Aragosta, massa paccheri, molho à base de bisque e tomate cereja com lagosta; e o Vongole Cozze e Bottarga, uma massa linguine com molho à base de azeite extra virgem e tomate cereja, mexilhões e vôngoles sem casca, finalizado com a nobre Bottarga.

Procurando por pratos tradicionais italianos, o proprietário Luca Lunghi buscou na infância e na família, a inspiração para novos pratos com a cara da Itália. O Cacio e Pepe é um prato de origem romana muito tradicional, sua base é queijo pecorino e pimenta preta. A Cotoletta é um “prime rib” porém sempre de animal novo, um clássico da cozinha italiana, que foi difundido em Milão e se espalhou pelo mundo com variações entre suíno e bovino. Já a Tagliata, originaria da região da Toscana, é outro prato bem tradicional, um entrecôte mal passado (rosado) para manter a suculência da carne e aproveitar ainda mais sua maciez.

Zeppole con Pistacchio
Zeppole con Pistacchio (Divulgação)

O novo menu ganhou a seção Cicchetti, pequenas porções de duas unidades que podem substituir a entrada para os mais comedidos. Uma das opções é o Arancino, feito com arroz italiano e leve toque de açafrão, empanado e recheado com linguiça toscana e especiarias. Na entrada, três novidades chamam a atenção pela elaboração como o Polpo, tentáculos de polvo grelhados, molho tapenade, servido com tomate cereja confit, aspargos frescos, picles de cebola roxa e um pó de tinta de lula; o Coda di Manzo e Polenta é um rabada italiana cozida a baixa temperatura, envolvida com pão e servida com polenta cremosa; e o Raviolone al Tuorlo Fondente, um raviolone recheado com ricota e gema de ovo caipira com molho de trufas negras, que fez sucesso no Menu Tartufo no ano passado.

Na seara das pizzas, as novidades são os sabores com nomes de regiões da Itália e levam na receita seus respectivos ingredientes locais como a Lombardia com queijo gorgonzola dolce, nozes e linguiça; a Lazio com panceta, parmesão e pimenta do reino; a Campania com Friarielli (brócolis à napolitana) e linguiça, tradicionalmente chamada de pizza “branca” por não levar molho de tomate em sua base; e a Sardegna com salame picante, alcachofra e queijo pecorino.

Para as sobremesas, o La Bella Itália decidiu por incrementar as opções com tradicionais sobremesas italianas com um diferencial no recheio. A Zeppole con Pistacchio é feito com massa “choux” em formato de gota, creme de pistache da região da Sicília, crocante e coulis de morango. A Millefoglie con Nocciola é uma massa folheada intercalada com creme de avelã da região do Piemonte, finalizada com nozes caramelizadas com flor de sal.

Serviço
La Bella Itália
Avenida Almirante Barroso, 812, Praia de Iracema
Horário Funcionamento: Segunda-feira a sábado, das 18h à 00h, e domingo, das 12h às 16h, das 18h à 00h.
Telefone: (85) 3219.2166
Instagram: @labellaitaliaFortaleza
Facebook: @LaBellaItaliaFortalezaCE

Colunistas

Ver tudo
31 de agosto de 2019

Fim de férias no delicioso Hotel Parque das Fontes de Beberibe

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php