8, março, 2013

Mulheres e cervejas

 

A imagem da cerveja em geral é bem mais masculinizada. Propagandas de televisão costumam mostrar mulheres bonitas para atrair o público alvo masculino. Dentro da história da humanidade, a mulher teve papel fundamental na fabricação da cerveja.

 

Fazer cerveja era uma atividade caseira nas sociedades antigas até a Idade Média. As mulheres eram as responsáveis por fabricar cerveja em casa. Na Suméria, elas eram chamadas de Sabtiem. Um poder divino era atribuído a elas, pois não sabiam que a fermentação era provocada pelas leveduras. A divindade da cerveja era a Deusa Ninkasi. A primeira receita de cerveja de que se tem registro é uma oração à Ninkasi.

 

Na Europa da Idade Média, as mulheres tinham papel importante na fabricação de cerveja em casa. Na Inglaterra, elas eram conhecidas como Alewives. O excedente da produção poderia ser vendido. Foi justamente esse potencial comercial da cerveja que chamou atenção e a atividade cresceu e foi virando cada vez mais masculina.

 

Hoje, a mulher está retomando seu papel no mundo da cerveja. No Brasil, temos mulheres consideradas ícones na fabricação e estudo de mercado da cerveja, como as mestres cervejeiras e bier someliéres Cilene Saorin, Kátia Jorge e Amanda Reitenbach e a bier someliére Kathia Zanatta. Grupos de mulheres também mostram sua força como consumidoras, como as das confrarias CONFECE de Belo Horizonte e Maltemoiselles de São Paulo. Além dos grupos que se reúnem para beber e estudar, existem as que também fazem cerveja em casa como as FemAles Cariocas.

 

Nós homens temos mais um bom motivo para agradecer às mulheres: a nossa tão amada cerveja!

 

Leia o texto completo no:
http://paraquevocerveja.blogspot.com

 

Links relacionados:
http://confece.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/Maltemoiselles
http://femalecarioca.blogspot.com.br/

Rodrigo Campos Oliveira é editor do blog Para Que VoCerveja, cervejólogo e consultor para bares, restaurantes, lojas e eventos. Viajou o Brasil e o mundo visitando cervejarias e bares especializados. Adora cozinhar pratos que combinem com suas cervejas preferidas, da entrada à sobremesa. Ministra palestras e harmonizações com cerveja para dividir parte do conhecimento adquirido nos últimos anos. Fale com o colunista pelo twitter, facebook ou email: [email protected]

 

 

Colunistas

Ver tudo
28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php