1, outubro, 2012

O que falta à gastronomia brasileira

 

O caminho para o desenvolvimento da alta gastronomia no Brasil está na capacitação. Pelo menos é o que defende o chef português Henrique Sá Pessoa, que esteve em Fortaleza no mês passado ministrando oficina e comandando um jantar na Casa de Moá. Foi sua sétima visita ao País e a segunda a Fortaleza – “os dois países têm uma ligação histórica e cultural forte; acho importante que essa troca continue existindo”. Para ele, o mercado nacional, dada a sua extensão continental, é maior que o de Portugal, mas ainda é “virgem” no que diz respeito à alta gastronomia.
 
Sá Pessoa acredita que o Brasil tem todas as condições para ganhar papel de destaque no cenário da culinária mundial. Basta que, para isso, invista na formação tanto do público quanto dos profissionais que vão atuar no setor. “É preciso que se crie condições para que esse mercado cresça. Ou seja, profissionais bem capacitados, que possam exercer sua criatividade com as técnicas adequadas e público interessado, com conhecimento”, afirma. “Aos poucos, as pessoas vão se informando e ficando mais exigentes. À medida em que aumentam seu poder econômico, e isso passa pelo desenvolvimento de um país, o interesse por novos sabores e experiências vai crescendo”.
 
Dentre os pontos positivos do Brasil, Sá Pessoa destaca a riqueza de matérias-primas e o clima, que contribui para ingredientes sempre frescos. “O Brasil é enorme e para onde se vai há elementos típicos a serem explorados. E é de uma cozinha regional fortalecida e valorizada que emerge a alta gastronomia”, ressalta. Do Ceará, ele destaca os frutos-do-mar, a batata doce, a macaxeira e as pimentas.
 
Televisão
O chef é apresentador de um dos programas mais famosos de Portugal no segmento gastronômico. O “Ingrediente Secreto” vai ao ar uma vez por semana, na RTP2, desde 2006. Nele, Sá Pessoa procura ensinar receitas acessíveis com ingredientes fáceis de serem encontrados. São quatro por edição. Veja abaixo um vídeo dele em ação, ensinando a fazer batatas douradas com salmão: 
 
 

Colunistas

Ver tudo
28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php