13, agosto, 2012

Polpettone no La Pasta Gialla

 

O Chef Sergio Arno voltou da Itália com uma novidade fresquinha para aguçar o paladar de quem é apreciador de gastronomia italiana. No Sul da Itália, visitou restaurantes tradicionais passando por Nápoles, Taranto e Puglia – cidades famosas por produzirem os mais tradicionais ‘bolos de carne’ que ganharam o paladar do mundo a fora.
 
Após suas pesquisas gastronômicas, e um período de experimentações, o Chef chegou a uma receita secreta e exclusiva, e trouxe para o Brasil todo conceito italiano e tradicional do processo utilizado para fazer o Polpettone que terá vendas apenas para os restaurantes da rede La Pasta Gialla.
 
O prato, que é regado de toques italianos aprimorados pelo Chef, consiste em um tradicional bolo de carne com um delicioso queijo mussarela derretido por dentro. A receita traz 200 gramas de carne de três tipos: suína, bovina e mortadela. O bolo bem mais crocante é temperado com ervas especiais e vem ao ponto, recheado com queijo mussarela derretido e gratinado com queijo Parmesão.
 
Sobre o La Pasta Gialla
A rede de restaurantes La Pasta Gialla surgiu da ideia do chef Sergio Arno criar um espaço que oferecesse uma excelente produção gastronômica com o verdadeiro toque italiano, da região de Toscana. Tudo a um preço mais acessível com sabor e apresentação inconfundível dos pratos para contemplar uma legião de brasileiros ítalos descendentes ou apreciadores da alta gastronomia italiana.
 
A marca “Tão italiano quanto à Itália” hoje é conhecida em todo o País. Já são 20 lojas espalhadas pelo território nacional. O La Pasta Gialla aposta em suas massas artesanais, que hoje são seu diferencial.
 
Serviço
O restaurante La Pasta Gialla está localizado no Shopping Pátio Dom Luís – Avenida Dom Luís, 1200, Aldeota.
Telefone: (85) 3267-3070. A Casa funciona todos os dias a partir das 11 horas. 

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php