Receitas

2 de agosto de 2016

Maminha ao molho de vinho

Receita de hoje: maminha ao molho de vinho (Foto: Divulgação)
Receita de hoje: maminha ao molho de vinho (Foto: Divulgação)

Hoje, o Portal Sabores e o Culinária de Domingo trazem pra você uma dica que serve tanto para o almoço como para o jantar. Se você ainda não decidiu o prato da refeição de logo mais, essa é uma boa pedida: maminha ao molho de vinho. Parece com a versão ao molho madeira, mas ainda mais fácil e rápido de preparar. Veja como fazer essa delícia:     

Maminha ao molho de vinho          

Ingredientes
– 1 peça de maminha entre 800g e 1,2kg;
– 2 cebolas grandes picadas;
– 3 dentes de alho picados;
– 1 envelope de caldo de carne em pó;
– 1 colher (sopa) de shoyu (eu uso a versão picante);
– 2/3 xícara (chá) de água ou 160 ml;
– 1/2 xícara (chá) de vinho tinto seco ou 120 ml;
– 1/2 xícara (chá) de cogumelo champignon.

Modo de preparo
– Não precisa refogar nada, apenas forre o fundo da panela de pressão com as cebolas e o alho, junte a água, o vinho, o shoyu e o sal.   Misture bem.

– Esfregue o conteúdo do envelope de caldo de carne por todos os lados da maminha. Coloque a carne na panela, tampe e leve ao fogo alto.

– Assim que pegar pressão reduza para fogo mínimo e conte 50 minutos se sua carne tiver até 900g. Se pesar mais, conte 10 minutos a mais para cada 100g, ou seja (1 hora de tempo total se tiver 1kg, 1h e 10min se tiver 1,1kg e por aí vai…). Mas se sua carne tiver mais de 1,2kg você precisa aumentar os ingredientes do molho e os líquidos, ok?

– Passado o tempo de pressão, desligue o fogo, espere uns minutinhos até sair a pressão e abra a panela. A quantidade de molho que terá sobrado vai depender do diâmetro da sua panela, do quão alta é a chama do seu fogão, de quanto líquido sua carne soltou, por isso varia muito.

– Nesse momento, retire a carne, fatie e reserve. Misture 1 colher (sopa) cheia de amido de milho com meia xícara (chá) de água, junto ao molho e leve fogo mexendo até engrossar. Junte o champingnon e coloque sobre a carne.

Importante:
– Se você quiser um molho mais liso, pode bater com um mixer ou liquidificador antes de colocar o champignon.

– Se não quiser usar o vinho, pode colocar água no lugar e juntar mais um envelope de caldo de carne (além do que já tem na receita).

Dica do Culinária de Domingo

 

Colunistas

Ver tudo
28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

31 de agosto de 2019

Fim de férias no delicioso Hotel Parque das Fontes de Beberibe

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

css.php