7, abril, 2015

Susana Balbo: sangue latino-americano no mundo dos vinhos

Susana Balbo: nome forte e legado latino-americano nos rumos vinícolas do mundo (Divulgação)
Susana Balbo: nome forte e legado latino-americano nos rumos vinícolas do mundo (Divulgação)

Nascida em uma família tradicional argentina, pode-se dizer que a enóloga Susana Balbo foi uma figura feminina que desafiou as convenções de seu tempo. O que se decidiu por buscar era certamente ambicioso: ser referência profissional na indústria do vinho, e assim construir uma carreira e nome em cima disso, tendo em vista também o mercado local majoritariamente composto por homens. Com o passar dos anos, a mesma busca trouxe-lhe frutos preciosos, os primeiros sinais de sua sintonia e vocação para o tema,

Susana tornou-se a primeira mulher de seu país a tornar-se enóloga. A conquista foi a primeira coroação de um longo ciclo, simbolizada no título de Bacharel em Enologia recebido pela Universidade de Mendoza, em 1981. Trinta anos depois, em 2012, Balbo foi reconhecida pela revista britânica The Drinks Business como uma das mulheres mais influentes do mundo do vinho e a mais influente produtora de vinhos da Argentina.

Carreira

Começando na cidade de Cafayate, região “entre montes e vinhas” da província argentina de Salta, o primeiro trabalho deu-se na vinícola Michel Torino, especializada no desenvolvimento de torrontés. Depois, teve contribuições em outros nomes de peso, como Martins e Catena Zapata, este último onde atuou até 1998 como diretora de enologia.

Em mais de de 30 anos de legado, Susana também teve a oportunidade de trabalhar e servir como consultora em grandes vinícolas internacionais, o que presenteou-lhe com vivência e participação no cenário vinícola internacional, possibilitando-lhe se adiantar quanto às tendências e aos estilos de vinhos da América do Sul. Outra conquista bacana foi ser presidente da Wines of Argentina (WOFA) três vezes (2006-2008, 2008-2010 e 2014-2016), tendo assumido o cargo de vice-presidente 2010-2012.

Os traços e esboço de um sonho

Como concretização plena de suas ambições, Balbo pôs em prática a criação da tão desejada vinícola Domínio del Plata, ponto alto na vida dela. Afinal, qual especialista em vinhos não sonha com sua própria vinícola e vinhos com sua assinatura?

A Domínio está localizada aos pés da Cordilheira dos Andes, na região de Agrelo, Lujan de Cuyo, Mendoza. A pequena e bela região é caracterizada pela altitude em relação ao nível do mar (que mede em torno de 1000m), pela água pura que vem do degelo dos Andes argentinos e por produzir uvas maduras e de ótima qualidade. Os invernos são muito rigorosos, e o verão com dias temperados ou amenos e noites muito frias. A média de amplitude térmica diária é de 15ºC. Com crescimento sólido e base em investimentos constantes de tecnologia e infraestrutura, a del Plata adquiriu renome internacional para seus vinhos, e principalmente bastante renome no mercado argentino do gênero. Para tornar tudo ainda melhor, os filhos de Susana, José e Ana Lovaglio, já se decidiram por continuar a tradição da família e se juntar à equipe.

Susana Balbo em Fortaleza

A Cantu Importadora promoveu a visita da enóloga argentina Susana Balbo ao Brasil, com programação especial para divulgação de seus vinhos. O evento passou por Fortaleza no último dia 25 de março, onde Susana recebeu convidados da imprensa para brunch no restaurante Casa de Moá. As fotos você confere abaixo. O Portal Sabores fez-se presente, e afirmamos aqui nossa alegria e satisfação em participar do evento, tendo a oportunidade de conhecer de perto a mulher que encarna um dos nomes mais interessantes do cenário vinícola latino-americano e mundial.

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php