1, novembro, 2012

Talento brasileiro na análise do vinho

 

Pela primeira vez, o Brasil terá um representante atuando nas comissões temáticas da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), sediada em Paris, na França. A doutora em enologia Regina Vanderlinde ocupará o cargo de secretária-científica da Subcomissão de Métodos de Análise de Vinhos da entidade, o primeiro posto permanente obtido pelo país na OIV, cuja participação vem desde 2001. 
 
Regina Vanderlinde é professora da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e gerente-geral do Laboratório de Referência Enológica (Laren) da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, mantido em parceria com o Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho). 
 
A brasileira foi designada para a vaga, na última sexta-feira (26), na Reunião do Comitê Executivo da OIV (Comex), que inclui 45 países membros. Sua indicação foi aprovada por unanimidade pelos representantes dos países que estavam presentes no encontro. “Ter uma profissional brasileira como integrante da OIV amplia o prestígio do país na entidade”, revela o presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Alceu Dalle Molle. 
 
A nova secretária-científica acrescenta que a responsabilidade do Brasil no universo da produção vinícola será multiplicada. “A Subcomissão de Métodos de Análise de Vinhos da OIV é responsável pela criação de todos os métodos analíticos e de todas as definições de limites de componentes nos vinhos, determinações que são diretamente internalizadas e aplicadas pela União Europeia, e, consequentemente, em todo o mundo”, explica a professora e doutora em enologia.
 
Regina Vanderlinde representa o Brasil na OIV desde 2001. No dia 12 de setembro, em Brasília, ela participou de audiência com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, e o diretor-geral da OIV, Federico Castellucci, onde foi confirmada a sua indicação ao cargo de secretária científica da Subcomissão de Métodos de Análises da entidade. 
 
Os presentes na foto, da esquerda para a direita, são:
– Enio Antonio Marques Pereira – Secretário de Defesa Agropecuária do Mapa
– Regina Vanderlinde – Coordenadora Geral do LAREN 
– Mendes Ribeiro Filho – Ministro da Agricultura
– Federico Castellucci – Diretor Geral da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV)
– Helder Moreira Borges – Coordenador Geral de Vinhos e Bebidas
 
 

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php