19, setembro, 2013

Vinhos da Copa são apresentados em Fortaleza

Vinícola gaúcha Lidio Carraro realizou evento para apresentar a linha Faces

Juliano Carraro (Foto: Jean dos Anjos)
Juliano Carraro (Foto: Jean dos Anjos)

O vinho oficial da Copa do Mundo de 2014 foi apresentado nessa quarta-feira (18), no Empório Delitalia, em Fortaleza. A apresentação foi seguida de uma degustação dos produtos Lidio Carraro Boutique, vinícola gaúcha responsável pela fabricação do vinho. A linha Faces, tinto e branco, é a oficial do mundial. A Lidio Carraro prevê a produção de 600 mil garrafas com os dois rótulos e, também, o vinho rosé, que deve chegar ao mercado na metade do segundo semestre de 2013.

Juliano Carraro, diretor comercial da vinícola, diz que o objetivo é alavancar a marca no país e abrir novos mercados, inclusive, em outros países. “Quero destacar a conquista da nossa vinícola e do setor no país. Isso mostra a grande força do vinho nacional e a qualidade dos produtos”, afirma. Os vinhos oficiais da Copa já estão sendo comercializados desde o início de julho.

A vinícola ainda apresentou outros rótulos da Lidio Carraro. Fizeram parte da degustação os vinhos Dádivas Chardonnay, Dádivas Espumante Brut, Dádivas Merlot/ Cabernet Sauvignon e o Agnus Cabernet Sauvignon.

Cada garrafa da linha Faces tem impresso no rótulo o selo de licenciamento da Fifa e o preço médio é de R$ 39,80.

Tinto Faces
Onze jogadores em campo. Onze uvas em um vinho. Assim como a seleção brasileira de futebol, o rótulo tinto Faces vai representar o Brasil como vinho Licenciado Oficial da Copa do Mundo, traduzindo o terroir nacional com a escalação de um time de uvas de diferentes áreas vitícolas representativas das cores, aromas e sabores da nossa terra. O resultado são 26 vinhos no corte em uma obra enológica que homenageia os estados da federação.

Merlot, Cabernet Sauvignon, Teroldego, Touriga Nacional, Tannat, Ancellotta, Nebbiolo, Tempranillo, Pinot Noir, Alicante e Malbec formam a seleção de uvas do tinto. São variedades provenientes de toda a Serra Gaúcha, incluindo o Vale dos Vinhedos que representa a tradicional área de cultivo da uva e vinho no Brasil, e também da metade sul do estado do Rio Grande do Sul, englobando as novas e promissoras regiões vitícolas brasileiras. As uvas selecionadas são de diferentes nacionalidades, uma referência à forte miscigenação do povo brasileiro, formado por imigrantes de vários países.

“As uvas Merlot e Cabernet Sauvignon simbolizam a dupla de atacantes. Juntas, representam cerca de 50% do vinho. As uvas Teroldego, Touriga Nacional,Tempranillo e Pinot Noir são os complementos gustativo e aromático. Já as uvas Tannat, Ancellotta, Nebbiolo, Alicante e Malbec fazem o papel da defesa no jogo, são as que têm a maior concentração de polifenóis e que forma a estrutura do vinho”, explica Juliano Carraro, diretor comercial da vinícola.

Branco Faces
O vinho branco Faces é um assemblage das uvas Moscato, Chardonnay e Riesling Itálico, as três variedades brancas mais cultivadas no Rio Grande do Sul. O vinho busca inspiração nas raízes da vitivinicultura gaúcha para celebrar a trajetória do setor no Brasil. Isso se traduz na escolha das uvas Chardonnay, Moscato e Riesling trabalhadas em perfeita harmonia – um terço de cada variedade na composição -, explorando o potencial de cada uma para a criação de um vinho completo. “A uva Moscato confere intensidade aromática, tornando o vinho vivo, intenso, com aroma de flores, frutas tropicais e caráter exuberante. A Riesling é elegante, sutil e contribui com frescor e persistência. A uva Chardonnay é a componente de equilíbrio, liga as duas outras variedades e atribui requinte, notas frutadas ao aroma e volume em boca”, explica Monica Rossetti, enóloga responsável. outros rótulos do portfólio da Lidio Carraro: Dádivas Chardonnay, Dádivas Espumante Brut, Dádivas Merlot/ Cabernet Sauvignon e o Agnus Cabernet Sauvignon.

 

Colunistas

Ver tudo
21 de fevereiro de 2019

Oficina de brigadeiro

Autor: Patrícia Ferreira (Gourmet Fortaleza)

12 de fevereiro de 2019

Casa de chás Le Thé 103 chega a Fortaleza

Autor: Raquel Pessoa

18 de janeiro de 2019

Você sabe o que são smoothies funcionais?

Autor: Raquel Pessoa

css.php